6 de agosto de 2011


“E sonho esse sonho
que se estende
em rua, em rua,
em rua
em vão”

Nenhum comentário:

Postar um comentário